Bacia do Jacuípe: Feira de Economia Popular Solidária movimentou Baixa Grande

Iniciativa reuniu cerca de mil pessoas entre produtores, artesãos, estudantes, artistas e comunidade local

Com o objetivo de incentivar e valorizar manifestações culturais e a produção local de alimentos e artesanato por meio da visibilidade e comercialização de itens feitos por empreendimentos da agricultura familiar e Economia Popular Solidária (EPS) no território da Bacia do Jacuípe, a Cáritas Regional Nordeste 3 realizou a Feira Saberes e Sabores na última sexta-feira (1) em Baixa Grande.

Ao longo do dia, o evento proporcionou aos participantes uma programação ampla com exposição e apresentações culturais incluindo voz e violão e grupo de sambadores que se apresentaram na praça do Mercado Municipal.

Para o coordenador executivo na Cáritas Diocesana de Ruy Barbosa, Luciano França, a feira reitera a necessidade de unir forças para cada vez mais ampliar o fomento à agricultura familiar e EPS na região. “É fundamental o apoio, formação e acompanhamento feito por organizações que militam na defesa e fortalecimento da agricultura familiar e EPS a longo prazo. É gratificante para nós percebermos que as ações da Cáritas nos últimos 20 anos têm contribuído de maneira decisiva para o protagonismo de mulheres, homens e grupos socioprodutivos e agroecológicos”, avalia.

Espaço privilegiado para aproximar produtores e consumidores, a feira mostra a diversidade agroecológica do território e o potencial do segmento para a segurança alimentar e nutricional, geração de renda e consequentemente a melhoria da qualidade de vida – tanto de quem produz, quanto de quem consome, conforme destaca Franca.

Integrante da Associação de Mulheres Baixagrandense, Valmirete Oliveira comemora o resultado da iniciativa. “A feira foi muito esperada, sobretudo diante de um cenário pandêmico que tem nos atingido. Realizamos a feira com muito empenho e foi uma grande oportunidade de comercialização dos produtos. Já participei de vários outros eventos como empreendedora popular solidária, mas essa por ser local gerou grande expectativa e nos contemplou de forma positiva”, sinaliza.

O evento teve o apoio financeiro da Misereor e foi realizado em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Baixa Grande, Instituto Agrovida, Federação das Associações de Baixa Grande, Associação de Mulheres Baixagrandense, Prefeitura Municipal de Baixa Grande, além da Cáritas Diocesana de Ruy Barbosa que atua há mais de 60 anos na Diocese e colhe os frutos do trabalho desenvolvido ao longo dos anos.

Assessoria de Comunicação – Cáritas Regional Nordeste 3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.